Falta de vitamina D no organismo engorda mesmo? Especialista comenta relação

Entenda a relação entre a vitamina D e o ganho de peso

vitamina-d-capsulas-0816-1400x800

São muitos os fatores do organismo que podem impactar, direta ou diretamente, no peso e, segundo sugerem alguns estudos, o nível de vitamina D é um deles. Evidências apontam que a falta desta substância dificulta o emagrecimento.

Conversamos com a endocrinologista Lilian Kanda, do Hospital Santa Cruz, de São Paulo, que explica a importância da vitamina D na manutenção do peso.

Baixa vitamina D pode engordar

Ainda não existem estudos científicos suficientes para afirmar categoricamente que a vitamina D seja crucial para quem quer perder peso. No entanto, a endocrinologista afirma que há pesquisas experimentais que apontam para este caminho.

balanca-fita-metrica-emagrecer-0817-1400x800

“Ainda que a vitamina D não seja a única causa e muito menos a solução para o sobrepeso e a obesidade, existem dados que comprovam alguma relação com o acúmulo de gordura”, comenta.

“Alguns estudos apontam que níveis mais altos de vitamina D foram associados a um menor ganho de peso. Dessa forma, sugere-se que a falta da vitamina D possa realmente interferir no acúmulo de gordura em determinadas situações”, comenta a endocrinologista.

A especialista também afirma que há pesquisas científicas que mostram que obesos, geralmente, têm concentração reduzida de vitamina D. “A insuficiência da vitamina não seria apenas consequência de menos exposição solar em obesos, mas também um dos fatores que justamente desencadearia o acúmulo de gordura corporal”, diz.

Pra que serve a vitamina D?

A vitamina D é um pré-hormônio, um componente essencial para o metabolismo ósseo de idosos, adultos e crianças.

Sua deficiência na infância está associada ao raquitismo e a um menor ganho de massa óssea. No caso dos adultos, baixos níveis estão associados a uma doença chamada de osteomalácia ou falha na mineralização óssea.

Em idosos, sua falta causa osteopenia, osteoporose e até fraqueza muscular, facilitando quedas e fraturas ósseas.

Suplementar vitamina D pode emagrecer?

remedio-sintomas-infeccao-1116-1400x800

A suplementação por si só, isoladamente, não vai fazer emagrecer. “Se o indivíduo estiver com o nível de vitamina D adequado, mas se alimentar de forma exagerada e for sedentário, a vitamina não faz qualquer diferença na balança”, garante a médica.

“O emagrecimento é multifatorial. Quando o estilo de vida estiver equilibrado e, por ventura, a vitamina D não, aí é hora de se preocupar.”

É sempre preciso suplementar vitamina D?

A endocrinologista Lilian Kanda explica que nem sempre. “Crianças, idosos, obesos e pessoas que não podem se expor muito ao sol (por possuírem câncer de pele, lúpus eritematoso ou por serem transplantadas, por exemplo) são os principais candidatos à suplementação”, comenta.

Mas há casos em que a insuficiência não é muito significativa e pequenas mudanças de hábitos, como ter uma breve exposição ao sol diária, já resolvem.

Como absorver a vitamina D?

verao-praia-1400x1000-0117

A produção pela pele exposta ao sol ainda é a principal fonte da vitamina D na maioria das pessoas. Porém, também pode ser obtida com o consumo de salmão selvagem, óleo de fígado de bacalhau e cogumelos.

“Mas são alimentos pouco utilizados no consumo diário e em quantidade adequada pela maioria da população brasileira”, comenta.

Portanto, a exposição ao sol ainda é a maneira mais prática e rápida de obter o benefício da vitamina D.