Idoso de 90 anos encara rapel de 15 metros

Idoso de 90 anos encara rapel de 15 metros em Teresina (PI).

João Freitas, aposentado de 90 anos topou uma aventura que atraiu muitos olhares em Teresina (PI), principalmente por quem passava pela Ponte Estaiada na Zona Leste do estado. A ideia foi da filha de João, Nazaré, uma homenagem segundo ela à alma jovem e aventureira do pai.

“Conhecendo bem meu pai, achei que ele ia adorar a ideia e tirar de letra, vai ser um desafio”, afirma Nazaré. O apoio também veio da esposa Tereza Freitas, que tinha certeza de que o seu João teria a coragem e a capacidade de descer no rapel. “Eu acho muito interessante e acho que ele tem condições de fazer isso sem perigo nenhum. Mas ele já fez mais que isso muitas vezes, porque ele gosta de enfrentar o perigo”, contou.

Antes de descer de rapel, no primeiro teste, seu João foi colocado em uma cadeirinha e pendurado por uma corda, só para sentir um pouco da emoção. O instrutor Rafael Lopes diz que o teste é uma medida de segurança. Mesmo assim, familiares tiveram que assinar um termo de consentimento e responsabilidade.

“A gente faz um teste inicial para saber se ele fica confortável para fazer a descida, verificar se a cadeira está apertada demais para não prejudicar a circulação sanguínea dele. Então são medidas de segurança que a gente precisa tomar”, disse.

Acompanhado pela filha e netos, o sentimento que move os aventureiros, despertou no idoso de 90 anos. “É uma adrenalina. Os jovens que gostam de muita adrenalina é que deviam estar aí. Mas eu gostei muito”, contou.

 

Fonte: G1