Novas regras para a aposentadoria

Governo pretende aplicar expectativa de vida à aposentadoria, o que pode torná-la mais tardia.

Aposentadoria

Foto: Flickr – Wonderlane

O governo, após iniciar uma discussão com o Congresso para restringir alguns benefícios como pensões por morte e auxílio doença, pretende apresentar nesse mês de junho uma proposta que vai mudar todo o cálculo para receber a aposentadoria.

Segundo o ministro da Previdência Social, Carlos Gabas, a ideia é substituir o fator previdenciário criado em 1999 por uma fórmula que retarde a aposentadoria, tornando “mais flexível” a idade mínima para receber o benefício pago pelo INSS, tendo como base a expectativa de vida do brasileiro.

A proposta se chama “85/95 progressivo”.
A ideia dela é que os trabalhadores tenham acesso à aposentadoria somente a partir de uma fórmula que vai somar a idade e os anos de contribuição da pessoa. O valor da soma deve atingir 85 anos para mulheres e 95 para homens.

Depois de um determinado período o valor da soma sofreria uma alteração sendo 86/96, 87/97, 88/98 e assim sucessivamente, pois o cálculo que define esses valores é feito de acordo com a expectativa de vida, que tende a aumentar com os anos.

O grupo de trabalho do governo que avalia a alternativa ainda não bateu o martelo sobre a proposta pois ainda será apresentada ao congresso.

Conta pra gente, o que você acha dessa mudança?

Aposentadoria

Foto: Flickr – Ken Teegardin

Fontes: Exame e RevoltaBrasil.com