Ansiedade Noturna, a dificuldade de acalmar a mente, devido às preocupações diárias

Se mesmo após um dia cansativo, você sente dificuldades para relaxar e dormir, pois permanece em estado de alerta, saiba que pode estar sofrendo de ansiedade noturna, condição caracterizada pela dificuldade de acalmar a mente, devido às preocupações do cotidiano.

A ansiedade noturna é mais comum do que se imagina

Fonte: Freepick

Como identificar a ansiedade noturna

 

Normalmente preocupações, medo e nervosismo, que surgem na hora de dormir, são experiências comuns de quem sofre de ansiedade noturna, assim como a dificuldade em pegar no sono, mesmo com esgotamento físico e despertares súbitos.

Insegurança em relação ao futuro e antecipação de acontecimentos ruins, são fatores comuns, que dificultam o desligamento dos problemas do dia a dia e atrapalham o relaxamento do corpo e da mente, fundamental para o sono. Sem conseguir dormir, portanto, a pessoa fica tensa, nervosa e entra em um ciclo vicioso de ansiedade que impede o descanso, isso pode ocorrer em qualquer idade.

Como combater a ansiedade noturna

 

Algumas dicas ajudam muito como: deitar somente quando o sono chegar, dar preferência a alimentos leves no jantar, praticar técnicas de meditação e respiração profunda antes de se deitar, são medidas simples que ajudam a driblar a ansiedade noturna.

É importante ainda, manter uma rotina regular de sono, com horários específicos, deixar o quarto escuro, silencioso e livre de distrações, na hora de dormir, assim como evitar levar para a cama computador e celular, que podem aumentar a ansiedade e comprometer o descanso por causa da iluminação artificial dos aparelhos.

Se mesmo praticando essas dicas simples, o problema permanecer, é recomendável procurar um médico, para saber quais são as causas e o melhor tratamento a se fazer.

Fonte: Coruja Prof

Notícias mais lidas

Leia Também